O Cultivo de Camarão é um dos setores de mais rápido crescimento na aqüicultura em várias partes do mundo e também o mais controverso. A rápida expansão deste setor possibilitou a geração de renda para muitos países, entretanto, ela tem sido acompanhada por crescentes preocupações sobre seus impactos ambientais e sociais. Os Princípios Internacionais para a Carcinicultura Responsável provêm a base sobre a qual todas as partes interessadas poderão colaborar para um desenvolvimento mais sustentável do cultivo de camarão. Os Princípios Internacionais foram desenvolvidos pelo Consórcio sobre Carcinicultura e Meio Ambiente, formado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimento (FAO), pela Network of Aquaculture Centres in Asia-Pacific (NACA), pelo Programa Global de Ação para a Proteção do Ambiente Marinho das Atividades Realizadas em Terra do Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas (UNEP/GPA), pelo Banco Mundial (WB) e pela World Wildlife Foundation (WWF).  

Copyright, all rights reserved.

Related

Shrimp Farming and the Environment

This collection of publications originates from the International Consortium Program on Shrimp Farming and the Environment, which was implemented by the World Bank, the Network of Aquaculture Centres in Asia-Pacific (NACA), the World Wildlife Fund (WWF), the Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO), and the United Nations Environment Programme (UNEP). The consortium supported 35 complementary case studies prepared by more than 100 researchers in more than 20 shrimp farming countries.